mais amor para mais amor
home ask.fm google twitter
THEME ©
Bem vindo(a) à minha estúpida vida, maltratada, deslocada, mal entendida, enganada, sempre com dúvidas, subestimada.

Não adianta destrancar a porta e mantê-la encostada, ninguém vai entrar do mesmo jeito. Se quer receber visitas, plante flores, abra um sorriso, conquiste os amores e deixe a porta sempre aberta. Cada um tem o romance que merece, um coração bonito atrai outro coração bonito.
Caio Augusto Leite.  (via desembarcou)
Passei tanto tempo, me importando, me chateando, ligando, correndo, fazendo das tripas corações para segurar o amor que restava nas costas. Agora eu prometi a mim mesma que não carregaria mais nada, peso nenhum sozinha. Não importo tanto, não me chateio tanto, não ligo tanto, não corro tanto e adivinhem só? Também nem preciso segurar mais amor nenhum, parece que agora ele vive flutuando e me acompanhando sempre. Quando eu parei de procurar ser amada, parece que o mundo começou a me amar mais.
Tati Bernardi.  (via autorias)
Um conselho: tente não desmoronar o tempo todo ou então isso se torna um hábito.
Comer, Rezar e Amar.  (via poetadoalem)
Eu não caibo mais nas roupas que eu cabia, eu não encho mais a casa de alegria. Os anos se passaram enquanto eu dormia, e quem eu queria bem me esquecia.
Nando Reis.  (via desembarcou)
Não quero você comigo.
E nem com outra. Não quero que alguém cuide de você melhor que eu. Não quero saber que outra te dá o valor que eu não soube dar. Não te quero feliz, sem que eu seja a sua felicidade. Mas também não te quero pra ser feliz. Não quero que durma se não for pra sonhar comigo. Quero que você me queira de volta, sabendo que não vai me ter. Quero que me veja com outros cara, mas não quero te ver com nenhuma. Te quero bem longe, mas perto o suficiente pra que sinta minha falta. E pra que saiba que de você não quero nenhum-tiquinho-de-nada.
Vivificare.  (via vivificare)
E eu estou chorando agora, mas principalmente de raiva por a gente ter que mendigar carinho pra se sentir uma boa pessoa. Se ninguém nos telefona, se ninguém vem à nossa casa, se ninguém aceita o nosso jeito, parece que a gente não existe, parece que as coisas deram errado, e não deram. Sou uma pessoa bacana, forte, generosa, não deveria precisar que ninguém me aplaudisse, mas a gente precisa dos outros, precisa que eles demonstrem que nos admiram, mesmo que estejam fingindo.
Martha Medeiros.   (via autorias)
Bruno, você não me ensinou a te esquecer, mas eu já não me importo mais. quando meus olhos se enchem de lágrima ao visualizarem sorrisos nesses teus lábios frios, o meu eterno amor vai perdendo a intensidade. tu não sabes o quão doloroso é ver lacunas no lugar da paixão. meus olhos carregam as dores do amor unilateral e eu me enclausurei na solidão, para te esquecer e tirar-te do coração, mas tu insistes em permanecer nessa pessoa que não quer mais te acolher. tu vais e volta, mas eu sempre me enjoei de gangorras. você me machuca mais que cem mil agulhas enfiadas em minha veia e mesmo assim te amo, no entanto, faço um esforço tremendo, todas as manhãs, para lhe esquecer. desenhei no papel uma mulher libertando-se das algemas: acredito ser o meu inconsciente implorando a minha alma que te esqueça: te fragmento no pó da lembrança e te jogo no monte castelo. eu jurei para mim que não escreveria mais sobre você e olhe só: cansei de ser clichê. a culpa é tua e eu preciso te esquecer.
— Georgia (via rehashh)