mais amor para mais amor
home ask.fm google twitter
THEME ©
Bem vindo(a) à minha estúpida vida, maltratada, deslocada, mal entendida, enganada, sempre com dúvidas, subestimada.

E era na rua, em festas, ou em eventos, que eu sempre pensava em você. Ah, e que saudade dava. Eu sei que nunca pareceu que eu demonstrava nada, mas era só medo de falar algo errado. Vi que o tempo lhe fez bem, e espero que continue assim. Vejo que somos melhor separados, boa vida, boa sorte, e que encontre um novo alguém para você.
Mark Hr.  (via poematizar)
Me diga que está triste, eu consolo. Me diga que nunca foi tão feliz, eu concordo. Me ame ou me odeie. Me mande pra puta-que-o-pariu ou me convide pra ir com você. Exploda na minha cara ou se derreta na minha mão. Deixa eu te ver morrendo de tanto rir ou com vergonha das olheiras de tanto chorar. Só não me esconda o rosto. Me abrace, me esmurre, me lamba ou me empurre. Só não me balance os ombros. Não me perturba assistir tua dor nem acompanhar teu gás. Te ver mais ou menos realmente me incomoda. Mais ou menos não rende papo, não faz inverno nem verão, não exige uma longa explicação. É melhor estar alegre ou estar triste, mais ou menos é a pior coisa que existe.
Gabito Nunes. (via recomendar)